28 de jan de 2014

Confira os Concursos Federais já Autorizados pelo Governo



RIO - O ano mal começou, e quem pensa em seguir a carreira pública já está de olho nas centenas de oportunidades previstas para os próximos meses, principalmente nos órgãos federais que já receberam autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão para abertura de novas vagas.
Ministério da Fazenda - O concurso foi autorizado em 1 de novembro de 2013 e deve ter edital lançado pela ESAF (organizadora responsável) até 1 de maio de 2014. Serão 1.026 vagas de nível médio, na função de assistente técnico-administrativo do Plano Especial de Cargos do Ministério, com oportunidades por todo o país e remuneração mensal superior a R$ 3 mil. O último concurso do Ministério da Fazenda para este cargo foi realizado em 2009 e ofertou 2.000 vagas para todos os estados da Federação, com maior número de oportunidades para São Paulo (368), Rio de Janeiro (226), Minas Gerais (217), Bahia (123), Distrito Federal (112) e Rio Grande do Sul (108). A seleção foi organizada pela Escola de Administração Fazendária (ESAF) e teve edital lançado em 26 de fevereiro de 2009.
Anatel - A Portaria Nº 556 do Ministério do Planejamento autoriza concurso público para o preenchimento de 100 vagas na Agência Nacional de Telecomunicações, sendo 48 de especialista em regulação de serviços de telecomunicações e 20 de analista administrativo, cargos de nível superior. Serão preenchidas também 12 vagas de técnico em regulação de serviços de telecomunicações e 20 de técnico administrativo, estes de nível médio. A remuneração inicial para o cargo de especialista em regulação é, atualmente, de R$ 10.019,00; e, para analista administrativo, de R$ 8.263,00. As outras oportunidades, de nível médio, têm remuneração inicial de R$ 4.984,00 (técnico em regulação) e de R$ 4.760,00 (técnico administrativo). O edital de abertura das inscrições deve ser publicado em até seis meses, ou seja, até o fim de junho.
Polícia Rodoviária Federal - De acordo com a Portaria Nº 557, publicada em dezembro no Diário Oficial da União, o concurso para o Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF) visa ao preenchimento de 216 vagas de nível intermediário para agente administrativo, cargo integrante do Plano Especial do órgão. A remuneração inicial, hoje, é de R$ 3.316,00. O concurso destina-se à substituição de terceirizados. O provimento dos cargos está condicionado à substituição dos trabalhadores que exercem atividades não previstas no Decreto Nº 2.271/97. Prazo para publicação do Edital vai até o fim de junho deste ano.
Fiocruz - O Ministério do Planejamento autorizou a realização de concurso público para 400 vagas na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O prazo para a divulgação do edital com as regras da seleção é de até seis meses, ou seja, até junho deste ano. Os vencimentos variam de R$ 2.701,46 a R$ 14.440,67. O objetivo da seleção é substituir 400 postos de trabalho terceirizados. Serão abertas 75 para técnico em saúde pública, com exigência de nível médio e salário inicial de R$ 2.701,49. Já para nível superior serão abertas 35 vagas para especialista em ciência e tecnologia e inovação em saúde pública, com salário de R$ 14.440,67, e, ainda, 169 para pesquisador em saúde pública - assistente, 113 para tecnologista em saúde pública e oito para analista de gestão em saúde pública, com remuneração de R$ 5.660.
Comando da Marinha - Também foi autorizada a realização de concurso público destinado ao provimento de 33 cargos do Plano Geral do Poder Executivo - PGPE no quadro de pessoal do Comando da Marinha. A realização do concurso destina-se a substituir terceirizados. De acordo com a Portaria N 499, os interessados podem concorrer aos seguintes cargos de nível superior: administrador (cinco vagas); analista de sistema (sete vagas) e contador (uma vaga). Há oportunidades também para nível médio: são 20 vagas para agente administrativo. Os candidatos que vierem a ser nomeados receberão uma remuneração inicial de R$ 2.570 (nível médio) ou de R$ 3.980 (superior). O provimento dos cargos se dará a partir de junho de 2014. O edital de abertura das inscrições deve ser publicado em até seis meses, contando a partir do dia 10 de dezembro de 2013, data da publicação da portaria.
Fundação Biblioteca Nacional (FBN) - O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou a realização de concurso público para 40 vagas, sendo 20 de bibliotecário e 20 de técnico em documentação, ambos de nível superior. A portaria n 340 com a autorização foi publicada no "Diário Oficial da União" do dia 27 de setembro de 2013 e o prazo para publicação de edital de abertura para realização do concurso será de até seis meses contados a partir desta data. Os dois cargos têm remuneração inicial de R$ 3.980. A Fundação Biblioteca Nacional é constituída pela Biblioteca Nacional, com sua biblioteca subordinada, a Euclides da Cunha, do Rio de Janeiro, e pelo Instituto Nacional do Livro, com sua Biblioteca Demonstrativa, de Brasília.
Correios - A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) deve publicar no decorrer de 2014 um novo edital para concurso público com mais de 6.000 vagas nas funções de carteiro, operador de triagem e transbordo, atendente comercial e analista. As vagas serão para todo o país com remunerações de até R$ 3,2 mil mensais. Além dos salários, os Correios oferecem benefícios diversos, como vale-alimentação (R$ 27,00 por dia), cesta básica (R$ 150,00), assistência médica e odontológica, plano de carreira, auxílio-creche, entre outros. O concurso estava previsto para 2013 e deve ocorrer este ano, a ser realizado pelo Cespe/UnB.
Fonte: O GLOBO