28 de mai de 2016

SEE/SP - Falta escolher a Organizadora do Concurso para Diretor e Supervisor.

Diretor de Escola e Supervisor de Ensino.

Para quem pretende participar dos concursos que serão realizados pela Secretaria Estadual de Educação de São Paulo - SEE/SP para a área de gestão, foi publicada a Resolução SE Nº 33/2016, que define os membros que farão parte da comissão responsável pelos concursos públicos para os cargos de diretor de escola e supervisor de ensino. 

Ao todo serão oferecidas 2.148 oportunidades, sendo 1.878 para o cargo de diretor e 270 para supervisor de ensino.

O próximo passo é definir a banca organizadora, para que a publicação dos editais possa ser feita no início do segundo semestre.

Diretor de Escola - o concurso foi autorizado pelo governador Geraldo Alckmin em 29 de abril e para concorrer é necessário possuir licenciatura em pedagogia ou pós-graduação na área de educação e, no mínimo, oito anos efetivos de exercício no magistério. A remuneração inicial é de R$ 4.334,00 considerando complementos, para jornada de trabalho de 40 horas semanais, podendo chegar a R$ 5.470,00.

Supervisor de Ensino - o concurso está autorizado desde 4 de fevereiro de 2014. Na ocasião, a oferta seria de 146 vagas. Porém, segundo fontes ligadas ao órgão, o concurso deve incluir oportunidades surgidas desde então. Para concorrer será necessário possuir licenciatura plena em pedagogia ou pós-graduação na área de educação e experiência mínima de oito anos de exercício no magistério, dos quais três devem ser em gestão educacional. A remuneração é de R$ 4.378,15, já considerando os complementos.

________________________________________________________________
Prepare-se para o concurso da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo.
__________________________________

Mudanças

No caso de diretor, a partir de 7 de janeiro de 2015, com a sanção da lei complementar 2.156, a carreira passou a contar com estágio probatório e avaliação periódica de desempenho individual. De acordo com a nova lei, os aprovados no concurso deverão frequentar curso de formação e serão avaliados durante o estágio probatório.

Além de provas objetiva e discursiva e análise de títulos,serão incluídas mais duas fases no concurso. A primeira constará de cursos sobre gestão escolar, questões pedagógicas e liderança. A segunda será composta de uma série de visitas em diversas unidades de ensino da rede.

Após o concurso, os aprovados deverão apresentar um plano de trabalho específico para a escola na qual irão trabalhar. Junto ao período deformação, o diretor passará pelo estágio probatório, com duração de três anos, durante os quais receberá orientações sobre a função de gerenciamento de recursos humanos e estratégias de ensino.

Durante o estágio probatório serão avaliados critérios como comprometimento com as ações da secretaria e com a comunidade escolar,responsabilidade, produtividade, assiduidade e disciplina. Os diretores ainda passarão por avaliações anuais por parte do conselho escolar, podendo ser deposto do cargo.

Quem pretende participar do concurso já pode ir se preparando, uma vez que, em 21 de agosto de 2013, a secretaria divulgou a Resolução SE Nº 52/2013, que determina o conteúdo programático, bem como os perfis,competências e habilidades requeridos dos profissionais da educação da rede estadual de ensino, além dos referenciais bibliográficos e legislação, que fundamentam e orientam a organização dos exames,concursos e processos.


____________________________________________________